Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Taxistas de Paulista que adquiriram permissões em 2009 agora têm direito à certidão de permissionário que possibilita a compra de veículos novos isentos de IPI e ICMS

Solicitação do Sindicato dos Taxistas da cidade foi atendida pela Prefeitura

Por Daniel Júnior

Paulista (PE) – Taxistas de Paulista, no Grande Recife, que adquiriram permissões em 2009, agora têm o direito à certidão de permissionário que possibilita a compra de veículos novos isentos do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) e do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A solicitação, atendida pela Prefeitura, foi realizada pelo Sindicato dos Taxistas da cidade no dia 19 de novembro último.

De acordo com o Sindicato, os taxistas estavam há dez anos sem o direito da certidão de permissionário e muitos não conseguiam comprar veículos novos. “Aproximadamente 20 taxistas trabalham com veículos de terceiros, e pagam renda mensal, por não terem condições de comprar um veículo novo. Os veículos desses taxistas estão totalmente impossibilitados de rodar. Com a certidão de permissionário, será mais fácil adquirir um veículo novo, pois com a isenção de impostos o custo ficará menor”, afirmou Pedro Paulo Torchia, presidente do Sindicato dos Taxistas de Paulista.

Mais Conquistas Alcançadas:

Os taxistas de Paulista, nos próximos meses, poderão emplacar os veículos de táxi, realizar transferência de propriedade, vistorias, entre outros serviços na Circunscrição Regional de Trânsito de Paulista (Ciretran Paulista), situada na Rua Primavera, n° 100, no bairro de Arthur Lundgren II.

Tais serviços não eram realizados desde 2010 na Ciretran Paulista (órgão do Governo de PE), em decorrência de problemas no órgão. Os taxistas da cidade tinham que se locomover até a sede na capital, e aguardar 30 dias para realizar os serviços mencionados.

“É outra conquista que vai beneficiar toda a categoria com menos custos e tempo para a realização dos serviços. Estamos aguardando o Governo do Estado autorizar, já que o órgão é da esfera estadual”, concluiu Pedro Paulo Torchia.

(Visitas totais 65)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais