Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Descaso da Prefeitura de Santo Antônio de Jesus-BA diante das denúncias dos taxistas

carro particular invade ponto de táxi em santo antônio de jesus-ba - Foto_Divulgação
Veículos particulares e motociclistas invadem os pontos de táxi, prejudicando os profissionais - Foto: Divulgação

A prefeitura de Santo Antônio de Jesus, na Bahia, permanece em silêncio após as denúncias feitas pelo presidente do Sindicato dos Taxistas de Santo Antônio de Jesus (SINDTAXISAJ), Antônio da Lapa, há um mês. Lapa fez diversas denúncias sobre as ilegalidades que afetam os taxistas da cidade, as quais foram publicadas na matéria “Taxistas de Santo Antônio de Jesus denunciam descaso da prefeitura diante de transporte clandestino”. Até o momento, tanto o Secretário Municipal de Trânsito e Transporte, Cosme Lima Bitencourt, quanto o prefeito Genival Deolino Souza, conhecido como Genival do PSDB, não tomaram medidas para solucionar os problemas apontados.

Os taxistas enfrentam diversas dificuldades devido à falta de ações da prefeitura em relação ao transporte clandestino, que opera abertamente na cidade. Além disso, veículos particulares e motociclistas invadem os pontos de táxi, prejudicando os profissionais. Há relatos de motoristas de outras cidades fazendo ponto em Santo Antônio de Jesus, o que é proibido. Tudo isso acontece sob a falta de fiscalização e ação da prefeitura.

A falta de ação por parte da administração municipal demonstra uma clara falta de interesse em lidar com as questões enfrentadas pela classe de taxistas da cidade. Os problemas incluem o transporte clandestino, que continua a afetar a segurança e os negócios dos profissionais, além da invasão de pontos de táxi por veículos particulares e motoristas de outros municípios.

Enquanto a prefeitura permanece indiferente aos problemas dos taxistas, a questão se torna cada vez mais urgente. Genival do PSDB, prefeito que se autointitula “de origem humilde, família muito pobre”, parece não demonstrar a mesma empatia pelas dificuldades dos taxistas de Santo Antônio de Jesus. Essa indiferença é ainda mais preocupante diante da aproximação de mais um período eleitoral, onde o prefeito e o secretário municipal terão a oportunidade de visitar as ruas e conversar com os eleitores, incluindo os próprios taxistas que agora são ignorados.

Os taxistas de Santo Antônio de Jesus merecem ser tratados com respeito e atenção, e esperam que a administração municipal finalmente reconheça a gravidade das denúncias e tome medidas concretas para resolver os problemas da categoria. O descaso da prefeitura levanta questionamentos sobre a verdadeira postura da administração em relação àqueles que trabalham duro para servir a cidade. Este é um momento crucial para a categoria refletir sobre o apoio que está recebendo e para decidir com consciência em futuras eleições.

(Visitas totais 1.942)

Compartilhe

3 respostas

  1. A população não aguenta as explorações imputadas pela categoria não respeito com a população na cobrança das viagens, não usam os taxímetros, além de ser ilegal, portanto o transporte clandestino tem a salvação do usuário, com as péssimas condições fornecida pela a Prefeitura associada à esse abuso dos taxistas fica aí para a dica Prefeito.

  2. É verdade a cidade está totalmente abandonada, principalmente pra quem trabalha com trasporte cumprindo todas as exigências e despesas do município.
    o prefeito e o secretário de trasporte não existe aqui em saj.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais