Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Bandeira 2 pode ser utilizada durante todo o mês de dezembro, no Recife

Taxímetro
A Bandeira 2 pode ser aplicada até às 23h59 do dia 31 de dezembro

Recife (PE) – Os taxistas do Recife estão autorizados, a partir desta terça-feira (1°), a fazer o uso da Bandeira 2 durante todo o dia. A utilização da tarifa adicional também se estende para os profissionais que atuam no serviço de táxi especial do Aeroporto Internacional da capital pernambucana e no terminal rodoviário.

A Bandeira 2 está prevista na Lei Municipal n° 17.537 de 16 de janeiro de 2009 e pode ser aplicada até às 23h59 do dia 31 de dezembro, de acordo com a Legislação da cidade.

“A tarifa adicional neste período é uma conquista adquirida da categoria. Quando chega o mês de dezembro, o sindicato solicita à Autarquia de Trânsito e Transporte Urbanos (CTTU) que seja implementado esse direito, que é como se fosse uma gratificação de fim de ano. Os profissionais têm o poder de escolher se fazem as corridas na Bandeira 1 ou na Bandeira 2. Pode haver diálogo entre o taxista e o passageiro sobre em qual modalidade a corrida será feita”, afirmou Flávio Fortunato, presidente do Sindicato dos Taxistas de Pernambuco (SINDTAXI-PE).

Desde 2017, que as tarifas de táxi do Recife não são reajustadas. Atualmente, o km rodado na Bandeira 1 custa R$ 2,49. Na Bandeira 2, R$ 3,01. A Bandeirada custa R$ 5,12.

Opinião de taxistas:

Taxista-Alexandre-Soares-Cavalcanti
Para o taxista Alexandre Soares, a Bandeira 2 é um direito merecido para toda a categoria, ele promete que irá aplicar – Foto: Divulgação

“Sou totalmente a favor da Bandeira 2. Diante de todos esses anos que não têm reajuste, além dos descontos que concedemos pelas rádios, a Bandeira 2 vem para suprir. É um direito merecido para toda a categoria. Além disso, durante as festas de final de ano, os concorrentes estarão na modalidade dinâmica, que é mais cara e não tem um valor certo, pelo menos a Bandeira 2 tem um valor fixo por quilômetro rodado”, opinou o taxista Alexandre Soares Cavalcanti (TP 5532), que trabalha há 8 anos no ramo de táxi.

“A Bandeira 2 é um direito adquirido e não abro mão. É como se fosse nosso 13° salário. A concorrência com os aplicativos está muito acirrada e com o preço da Bandeira 2, pode ser mais complicado, mas não tem nada melhor que dialogar com o passageiro”, afirmou o taxista auxiliar Everson Neres dos Santos (TP 4524)

Por Daniel Júnior

(Visitas totais 492)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais