Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Prefeitura de Salvador abre Consulta Pública para a contratação de táxis

O prazo para manifestações termina no dia 21 de junho -Foto: Silvio Tito
O prazo para manifestações termina no dia 21 de junho – Foto: Silvio Tito

 

A Prefeitura de Salvador publicou no Diário Oficial do Município (DOM), no último dia 12, a abertura de Consulta Pública referente ao processo licitatório para a contratação de serviço de transporte terrestre de servidores e empregados através de táxis. Com isso, após Porto Alegre-RS, Salvador passará a seguir o programa do governo federal, o TáxiGov.

 

A Secretaria Municipal de Gestão da Prefeitura Municipal de Salvador – SEMGE/PMS, por meio da Comissão Central Permanente de Licitação, comunicou aos interessados que está realizando a Consulta Pública a fim de que apresentem suas considerações, inclusive, visando esclarecer eventuais dúvidas técnicas que possam surgir no curso do processo licitatório que tem por objeto o registro de preços para contratação do serviço de agenciamento de transporte terrestre dos servidores, empregados e colaboradores a serviço dos órgãos e entidades da prefeitura, por meio de táxi e por demanda no âmbito do município e entorno.

 

A prefeitura espera uma redução significativa em seus custos, o que possibilitará à administração municipal ampliar o investimento em outras áreas da cidade. De acordo com o secretário municipal de Gestão, Thiago Dantas, a nova modalidade será mais um passo da prefeitura em relação à otimização do uso dos recursos municipais.

 

Os interessados em participar da Consulta Pública poderão conhecer o Termo de Referência no site www.compras.salvador.ba.gov.br e opinar através do e-mail [email protected]. O prazo para a população se manifestar termina no próximo dia 21 de junho.

 

TáxiGov

 

Implantado em fevereiro deste ano, o TáxiGov, do governo federal, tem por objetivo melhorar a eficiência do gasto público, gerando uma economia de aproximadamente R$ 20 milhões/ano aos cofres públicos. O programa começou pelo Distrito Federal, contemplando, inicialmente, quatro órgãos do Executivo Federal – Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Até o fim de julho, mais cinco órgãos federais serão integrados ao programa.

 

(Visitas totais 209)

Compartilhe

2 respostas

  1. Boa iniciativa da prefeitura de Salvador, só ressaltando que essa politica de redução de gasto com a frota de carro própria ou locado, a segue o exemplos de Brasilia (Governo Federal) porto Alegre e Fortaleza, este ultimo foi licitado no dia 13/06/17.

  2. Minha preocupação é se vão respeitar a tarifa oficial dos táxis em suas cidades e se vai haver diferenciação do serviço do taxista em diversas modalidades.
    Não seria uma terceirização pra manter a tarifa do taxista nivelando pelos aplicativos clandestinos que exploram os ingênuos motoristas?
    Vejo com preocupação já que a profissão Taxista ainda não tem liberdade pra atuar fora do controle das prefeituras. Lembrando q taxista é profissão privada e é aqui no Brasil funcionário público.
    Quero novidades que melhorem a qualificação dos trabalhadores e seus ganhos, pq estamos entregues à sorte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais