Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Taxistas de Salvador ficaram com a cuia nas mãos, depois que a Sempre descredenciou a categoria do Programa Salvador por Todos

Kiki Bispo, Secretário
Para muitos taxistas, “Kiki deu migué nos taxistas” - Foto: reprodução/newsba.com.br

A Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre) anunciou, no dia 28 de julho, o pagamento da 16ª parcela do Salvador Por Todos, contudo os taxistas de 60 anos foram descredenciados e ficaram com a cuia nas mãos. Apesar do chefe da pasta, o secretário Kiki Bispo, falar em cortes dos maiores de 42 anos, a nota da prefeitura trazia a informação de que os taxistas eram, até então, beneficiários do programa. O Ei Táxi tentou esclarecer a confusão, mas o secretário não respondeu as mensagens. Em nota, a assessoria da Sempre reenviou a mesma informação emitida pela prefeitura à imprensa.

“Kiki deu migué nos taxistas”, essa era a frase que os profissionais usaram para explicar o que aconteceu com o pagamento da 16ª parcela do Salvador Por Todos, benefício municipal no valor de R$270 para trabalhadores informais, entre eles, os taxistas acima de 60 anos.

Na manhã do dia 28, a prefeitura emitiu uma nota, comunicando que o cronograma de pagamento havia começado naquele dia. Na informação, constava também uma fala do secretário Kiki Bispo, titular da Secretaria de Promoção Social da capital baiana, em que dizia que haveria cortes de contemplados. “Nesta parcela, foi realizada uma revisão no número de contemplados, uma vez que os maiores de 42 anos já estão vacinados com pelo menos uma dose, e, por isso já estão retomando suas atividades, com todas as precauções necessárias”. Contudo, a nota também citava os taxistas como beneficiários do programa, “Pessoas em situação de rua, ambulantes, barraqueiros, donos de quiosques, baianas de acarajé, feirantes, baleiros, guardadores de carro, recicladores, mototaxistas, taxistas e motoristas de aplicativo acima de 60 anos são beneficiários do programa”. Importante ressaltar que todos os taxistas contemplados mensalmente eram aqueles com idade a partir de 60 anos.

Muitos taxistas ficaram confusos e mesmo consultando o saldo, que não demonstrava o depósito, foram até as agências bancárias ou lotéricas na esperança de que receberiam o auxílio. Mas não foi o que aconteceu, ficaram com a cuia nas mãos.

O Ei Táxi tentou falar com Kiki Bispo, mas sem sucesso, muito ocupado, ele não respondeu as solicitações de esclarecimento. Também tentamos através da assessoria da Sempre, que limitou-se a reenviar a mesma nota emitida na manhã do dia 28.

Se os taxistas ainda estavam sendo mencionados entre os beneficiários, mesmo a Sempre sabendo que os todos os contemplados já eram acima de 42 anos, uma simples informação corrigindo a dúvida, além de esclarecer, demonstraria respeito com a categoria que ficou sem uma resposta específica sobre a sua situação.

(Visitas totais 731)

Compartilhe

4 respostas

  1. Essa Gestão que está há frente da COTAE, é a pior que já tinha nos últimos VINTE ANOS que tenho como Taxista.

    Infelizmente ainda tem Taxista, que apoiam esses caras em eventos, para ludibriar a Categoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais