Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Coronavírus: taxistas recifenses estão indignados com a omissão do gestor municipal; através de nota, Prefeitura diz que trabalha para ‘mitigar efeitos socioeconômicos’

Por Daniel Júnior

Afetados pela instabilidade econômica causada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os taxistas do Recife aguardam até este momento uma ação do prefeito Geraldo Júlio (PSB). Os profissionais estão enfrentando dificuldades, por não conseguirem realizar corridas na cidade, já que a maior parte da população está em quarentena – uma das formas de combater a infecção e a propagação do vírus.

Em grupos de WhatsApp formados pelos profissionais do ramo de táxi, muitos se mostram indignados com a omissão do gestor municipal e criticam a postura dele. Enquanto não recebem nenhuma resposta, a Associação dos Taxistas e Condutores Auxiliares de Pernambuco (Atcape) organizou uma campanha para arrecadar alimentos que já foram destinados aos taxistas e condutores auxiliares. O Sindicato dos Taxistas de Pernambuco (SindtáxiPE) informou ao Ei Táxi que também fará uma ação beneficente, na próxima semana, para ajudar a categoria.

Após a repercussão da matéria publicada pelo Ei, Táxi (SindtáxiPE aguarda iniciativa do prefeito do Recife para ajudar os taxistas; presidente desabafa: “a oposição está brincando com o desespero dos taxistas”), a Prefeitura do Recife informou, através de sua assessoria, que “uma das primeiras medidas do Plano Municipal de Contingenciamento Covid-19 foi a criação de um Grupo de Trabalho, composto por seis Secretarias municipais, para fazer o trabalho de mitigação dos efeitos socioeconômicos das medidas restritivas no Recife. O trabalho do GT é permanente e novas medidas para diminuir o impacto socioeconômico serão anunciadas”.

O Sindicato dos Taxistas de Pernambuco (SindtáxiPE) já havia informado, nesta sexta-feira (3) que tinha enviado dois ofícios solicitando uma iniciativa por parte da Prefeitura do Recife, mas até o momento da publicação da matéria não tinha recebido qualquer resposta do executivo municipal.

O Ei, Táxi teve acesso aos dois ofícios encaminhados. Entre as demandas solicitadas estão:

1 – Auxiliar a intermediação junto às instituições financeiras, solicitando a suspensão do financiamento do veículo, vinculado à permissão do município, por 90 dias;

2 – Fornecimento de uma cesta básica mensal;

3 – Realizar treinamento mais específico na prevenção do motorista e higienização do veículo;

4 – Fornecimento de álcool em gel para os taxistas;

5 – Realizar o transporte dos profissionais que estão ligados diretamente para o combate ao novo coronavírus por táxi, evitando que esses profissionais utilizem ônibus;

6 – Autorizar ao permissionário ou condutor auxiliar poder realizar viagens na modalidade compartilhado e/ou lotação com no máximo três passageiros.

(Visitas totais 107)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais