Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Comissão dos Taxistas: a reposição da tarifa de táxi em Salvador está garantida em 2023

taximetro
Até o início do ano, a categoria poderá ter uma perda acumulada de cerca de 40% do seu poder de compra - Foto: Arquivo/Ei Táxi

O porta-voz da Comissão dos Taxistas de Salvador garantiu que a prefeitura irá conceder o reajuste da tarifa de táxi em 2023. João Adorno disse ao Ei Táxi, que obteve a confirmação em reunião na Secretara de Mobilidade Urbana (Semob), nesta quarta-feira (21). Elitte Táxi, Use Táxi e Ligue Táxi tinham protocolado, em novembro, pedidos pela reposição da tarifa.

A notícia aguardada, desde 2017, pela categoria de taxistas de Salvador, veio na noite desta quarta-feira (21). “A reposição está garantida em 2023. O percentual deve ser anunciado na segunda semana de janeiro e publicado no Diário Oficial”, informou João Adorno ao Ei Táxi, após reunião com o Secretário de Mobilidade, Fabrizzio Muller.

Elitte Táxi, Use Táxi e Ligue Táxi tinham protocolado pedidos para o reajuste da tarifa de táxi em 2023, na secretaria, no mês passado.

“Em votação interna (ENQUETE) realizada em janeiro de 2022, os profissionais de táxi vinculados a nossa empresa, majoritariamente se manifestaram a favor do reajuste da tarifa de táxi em nosso município”, trecho do documento da Elitte Táxi.

“…mais de 75% dos associados taxistas vinculados à Use Táxi são favoráveis a essa reposição e que diversas cidades brasileiras já aprovaram a reposição tarifária”, Use Táxi.

“…salientando que são seis anos sem reposição, em pesquisa realizada em nossa Cooperativa 99.2% estão de acordo com a reposição”, trecho da Ligue Táxi.

2016 foi último ano de reajuste concedido pela prefeitura de Salvador. Naquele ano, o preço da corrida teve um acréscimo de 10,48%. A bandeirada passou de R$ 4,35 para R$ 4,81; a bandeira 1 passou a custar R$ 2,42 por quilômetro rodado; a bandeira 2, R$ 3,38; e o valor da hora parada ficou em R$ 24,12.

Se a previsão do mercado financeiro se concretizar e o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de 2022, ficar em 5,91%, no acumulado de 2016 até o fim desse ano, a inflação terá corroído 37,79% do poder de compra do taxista. Se for levado em consideração que os preços dos produtos, especialmente, combustíveis e peças para a manutenção do veículo, normalmente sobem mais do que a inflação, é provável que a perda seja ainda maior.

Com a reposição tarifária em 2023, os profissionais do sistema de táxi em Salvador poderão minimizar o impacto inflacionário em seu orçamento. Agora, é aguardar o anúncio da prefeitura.

(Visitas totais 1.099)

Compartilhe

3 respostas

  1. Um reajuste menor que 20% não repõe as perdas porém maior que esse percentual não cabe no orçamento do usuário. Acredito que 20% e’ um meio termo.

    1. União dos Taxistas, quantos membros por favor? Qual a legalidade para falar em nome de uma categoria? Cheio de gato se passando como lebre…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais