Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Semob reprograma início da vistoria de táxi de Salvador para o segundo semestre, diz taxista

05_08_2019_Vistoria-de-Txis_-10
"Táxis acima de 8 anos de uso, com vistoria em dia, poderão circular até o fim do ano" - Foto: Jefferson Peixoto/Secom/PMS

A Secretaria de Mobilidade de Salvador reprogramou o início da vistoria de táxi de 2023 para o segundo semestre, diz taxista. Presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT) vinha advertindo para dificuldades que antecipação da data causaria em cerca de mil taxistas. Diretor da Táxi Coometas também havia alertado à Semob que mudança de data afetaria táxis especiais. Táxis acima de 8 anos de uso, com vistoria em dia, poderão circular até o fim do ano, segundo a Comissão dos Taxistas. Semob não confirmou as informações passadas pelo taxista.

Segundo o taxista João Adorno, a Semob reagendou o início da vistoria de táxi para o segundo semestre, em Salvador. Em vídeo publicado em grupos de WhatsApp, nesta segunda-feira (20), ele disse que “…a nossa vistoria está temporariamente com o calendário suspenso e vai começar a partir do segundo semestre”. Órgão havia anunciado que a vistoria de táxi começaria no dia 10 de abril. O Ei Táxi tentou confirmar as informações com a Semob, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria. A última vistoria teve início em 2 de agosto de 2021. Em 2022, não houve vistoria.

Em 2023, aproximadamente 980 veículos irão superar a marca de 8 anos de uso e se tornarem impróprios para a prestação do serviço, segundo informações da AGT. O presidente da Associação vinha advertindo que a antecipação da vistoria iria aumentar os problemas dessas famílias que dependem desses táxis. “Essa antecipação, estava causando aflição em centenas de autorizatários, pois seus veículos, esse ano, superam 8 anos de uso, com isso, eles teriam menos tempo pra trocar de carro. A Cotae [Coordenação de Táxi e Transportes Especiais] não informa o número exato, mas eu consegui essa informação com uma fonte, que me disse que são 980 táxis com fabricação de 2014 pra trás. Eles anteciparam a vistoria com o intuito de prejudicar o taxista. Eu já vinha solicitando que eles remarcassem para agosto, mas eles negavam. Agora, nossa pressão, através da Câmara de Vereadores, funcionou e eles tiveram que suspender o início. Mas nosso objetivo é conseguir mais mudanças através de alterações na lei”, contou Denis Paim.

Não bastassem os táxis com mais de 8 anos de uso, de acordo com o presidente da AGT, 318 veículos não passaram pela última vistoria, ocorrida em 2021, e já não atuam desde o ano passado. “Esses taxistas estão sem trabalhar desde o ano passado, porque não tiveram condições de fazer a vistoria em 2021”.

Outro que também vinha solicitando que a Secretaria de Mobilidade postergasse o início da vistoria era o Diretor Financeiro da Táxi Coometas, Adriano Eugênio. “Vínhamos conversando com o secretário a respeito da antecipação do início da vistoria, que também prejudicaria alguns cooperados nossos por conta do tempo de uso do veículo. Ficamos mais aliviados com essa notícia”, disse.

Ainda de acordo com João Adorno, os táxis com mais de 8 anos, que tenham feitoa vistoria de 2021, terão mais tempo para substituírem o veículo. “Todos os carros de 2014 ou mais velhos, que estiverem com a vistoria em dia, terão a oportunidade de rodar até o final do ano”.

O Ei Táxi tentou confirmar as informações com a Semob, mas não obteve retorno até o fechamento desta matéria.

(Visitas totais 1.604)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais