Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Campanha “SOS Taxistas do Rio Grande do Sul” mobiliza solidariedade e apoio à categoria

Campanha SOS Taxistas do Rio Grande do Sul - Imagem_Divulgação

A solidariedade tem sido a palavra-chave em meio aos desafios enfrentados pelos taxistas do Rio Grande do Sul após as recentes enchentes que assolaram o estado. Em um gesto de união e apoio mútuo, uma iniciativa liderada por Éder Caetano Lima, taxista em Joinville-SC há 12 anos, em parceria com os colegas Vinícius Rabelo e Rodrigo Lima, do canal “Na Rota do Táxi” de São Paulo, deu origem à campanha “SOS Taxistas do Rio Grande do Sul”, uma rifa online.

A ideia surgiu em uma conversa entre os três colegas, e rapidamente se transformou em uma ação concreta para auxiliar os profissionais afetados pelas enchentes. O objetivo é claro: arrecadar fundos para ajudar na recuperação dos táxis atingidos, fornecendo uma ajuda emergencial de R$500 para pelo menos 50 taxistas.

“Eu tinha uma câmera veicular que iria revender, daí, no último dia 9, eu chamei o Rodrigo e o Vinícius, colegas de São Paulo, através de um grupo de whatsapp, e propus uma rifa. Eles toparam, nós organizamos a rifa online e em seguida foram surgindo empresas que se colocaram à disposição para ajudar. Então, recebemos valores, mais equipamentos e acessórios para o sorteio da rifa”, contou Éder Caetano.

A campanha se estrutura através de uma rifa solidária, onde cada bilhete custa R$10. Além disso, diversas empresas parceiras da categoria estão contribuindo com valores e prêmios para os sorteios, como taxímetros, câmeras veiculares, luminosos de teto e jogos de tapetes.

É importante ressaltar que a iniciativa busca priorizar os taxistas cujos veículos ainda têm condições de recuperação. A seleção dos beneficiários é feita com base em informações fornecidas por colegas que atuam na região, garantindo que a ajuda chegue efetivamente aos mais necessitados. “O alvo da campanha é ajudar os taxistas que o carro tem recuperação. Carro que deu perda total, infelizmente, a gente não vai conseguir ajudar. O direcionamento da arrecadação será feito de acordo com o que recebemos de colegas que estão lá, encabeçando o movimento dentro de Porto Alegre e no interior. Então, temos vários colegas que estão trabalhando para identificar os táxis com fotos, vídeos, documentos, enfim.”

Até o momento, a campanha já arrecadou cerca de R$9.500,00, o que possibilita, até o momento, o apoio a 19 profissionais. No entanto, ainda há mais de 1500 bilhetes disponíveis para compra, e cada contribuição é fundamental para ampliar o alcance da ajuda. “A meta da campanha é ajudar, pelo menos, 50 taxistas com R$500 cada. São duas mil cotas, na rifa, no valor de R$10 cada. Como várias cidades foram atingidas pelas chuvas, ainda não conseguimos ter uma noção exata do número de táxis atingidos, mas estima-se que podem ser mais de 100.”

Além disso, a transparência é uma prioridade na gestão dos recursos arrecadados. Uma conta bancária em nome da esposa de Éder Caetano foi disponibilizada para receber as doações, garantindo uma prestação de contas transparente e sem interferências. “Eu precisava de uma conta que eu não usasse para poder fazer a transferência do recurso e que depois eu pudesse fazer uma prestação de contas sem ter nada meu no meio. Então, eu peguei uma conta que está em nome da minha esposa, Diana Ferreira Alves Lima, e disponibilizei para poder fazer esse trabalho da rifa.”

A mobilização vai além das doações individuais, contando com o apoio de empresas como Fip Taxímetros, Uel União Eletrônica, Kapazi Automotivo e Bossa 3, que colaboraram com doações em dinheiro e prêmios para os sorteios. “A empresa FIP colaborou com R$5 mil, mais um taxímetro e um luminosos de teto; A empresa UEL está apoiando com cinco taxímetros; a empresa Kapazi dou um jogo de tapetes; e a empresa Bossa 3 ajudou com R$1 mil mais um taxímetro.”

Diante do desafio enfrentado pela categoria, a campanha “SOS Taxistas do Rio Grande do Sul” mostra o poder da solidariedade e da união em momentos difíceis. Todos são convidados a contribuir e fazer parte dessa corrente de apoio aos taxistas gaúchos.

Para acessar a rifa, basta clicar nos links “SOS Taxistas do Rio Grande do Sul” ou clicar no anúncio também disponível no Portal Ei Táxi. 

Para mais informações, contribuições ou dúvidas, Éder Caetano está disponível pelo WhatsApp (47) 99775-7777. A transmissão dos sorteios será realizada pelos canais do Youtube “Na Rota do Táxi” e “Vou de Táxi”, mas a data ainda não foi divulgada, pois o objetivo é fechar a rifa, vendendo todos os bilhetes.

Serviços:

Prêmios: 7 Taxímetros, 1 Câmera Veicular, 1 Luminoso de Teto e 1 Jogo de Tapetes.

1º Prêmio: 1 Taxímetro FIP

2º Prêmio: 1 Taxímetro UEL

3º Prêmio: 1 Taxímetro UEL

4º Prêmio: 1 Taxímetro UEL

5º Prêmio: 1 Taxímetro UEL

6º Prêmio: 1 Taxímetro UEL

7º Prêmio: 1 Câmera Veicular HP

8º Prêmio: 1 Jogo de Tapetes Kapazi

9º Prêmio: 1 Luminoso de Teto FIP

10º Prêmio: 1 Taxímetro Bossa 3

Bilhete = R$10,00

Sorteios: Será usada uma das plataformas para sorteios e promoções disponíveis na web. Cada número só poderá ganhar 1 dos prêmios, ou seja, os números sorteados serão excluídos do sorteio seguinte.

Transmissão: A transmissão dos sorteios ocorrerá através dos canais do Youtube Na Rota do Táxi e Vou de Táxi.

Data dos sorteios: A data será divulgada após o fechamento da rifa, pois o objetivo é vender todos os números disponíveis na rifa de maneira a arrecadar o valor total.

Patrocínios: Fip Taxímetros, Uel União Eletrônica, Kapazi Automotivo e Bossa 3.

Apoiam esta ação:

Grupos no Facebook: Táxi em São Paulo, Taxista Pelo Brasil, Taxistas Unidos do Brasil, Movitáxi Brasil, Black Táxi e Táxi Produção.

Instagram: Doutor Táxi

Canais do Youtube: Vou de Táxi e Na Rota do Táxi.

(Visitas totais 165)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais