Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Prefeitura de São Paulo permite suspensão de alvará de táxi por um ano em caso de dificuldades financeiras

táxi de São Paulo - Foto_Fábio Arantes_Secom 800x445px
A suspensão do alvará terá validade de 12 meses, a menos que o taxista solicite a reativação antes do término desse período - Foto: Fábio Arantes/Secom

A Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria Executiva de Transporte e Mobilidade Urbana (SETRAM) e do Departamento de Transportes Públicos (DTP), divulgou uma nova portaria que permite aos taxistas solicitar a suspensão do Alvará de Estacionamento de seus táxis por até um ano. Esta medida é válida nos casos em que o taxista precise vender seu veículo devido a problemas financeiros ou doenças graves.

A portaria SMT.SETRAM nº 014/24, publicada no Diário Oficial da Cidade nesta terça-feira (4 de junho), estabelece que a suspensão do Alvará de Estacionamento do táxi pode ser solicitada pelo taxista titular do documento, exclusivamente quando a venda do veículo for necessária por dificuldades econômico-financeiras ou por doença do taxista ou de um familiar dependente.

Para que a suspensão do alvará seja concedida, o profissional deve fazer a solicitação ao DTP, apresentando uma declaração assinada por ele ou por um procurador. Esta declaração deverá ser verdadeira, pois qualquer falsificação sujeitará o declarante a sanções civis, administrativas e criminais.

A suspensão do alvará terá validade de 12 meses, a menos que o taxista solicite a reativação antes do término desse período. Caso não haja pedido de reativação após os 12 meses, o DTP realizará o bloqueio do alvará e, se o alvará estiver vinculado a um ponto privativo de táxi, essa associação será automaticamente desfeita.

É importante destacar que, durante o período de suspensão do alvará, o taxista titular da licença pode continuar exercendo a profissão, desde que se associe a outro veículo com alvará de estacionamento de táxi, como no caso de frotas.

Esta medida visa proporcionar aos taxistas de São Paulo uma maior flexibilidade e segurança financeira, permitindo que possam superar momentos de dificuldade sem perder a licença de operação de seus táxis.

(Visitas totais 208)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais