Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post
Anuncie no Ei Táxi - Banner Superior

Vereadores do Rio de Janeiro aprovam vistoria bienal para táxis

táxis do norte shoping do rio de janeiro
O projeto foi aprovado em segunda votação e sem contestações na Câmara - Foto: Divulgação

A Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro aprovou, no dia 26 de junho, um projeto de lei que altera a frequência das vistorias dos táxis na cidade. De autoria do vereador Dr. João Ricardo (MDB), a nova regra estabelece que, em vez de inspeções anuais, os táxis precisarão passar por vistoria na prefeitura apenas a cada dois anos.

Ao justificar a proposta, Dr. João Ricardo argumentou que “o excesso de fiscalização não melhora o serviço. Pelo contrário, só cria burocracia, desassossego e perda de tempo para os que primam por andar dentro da legalidade”. O projeto foi aprovado em segunda votação e sem contestações na Câmara.

Além dessa mudança, outra proposta para a categoria está em discussão na Casa. A vereadora Vera Lins está propondo o fim da exigência de que os táxis tenham, no máximo, dez anos de uso. Ela argumenta que muitos motoristas estão enfrentando dificuldades financeiras para trocar de carro, especialmente após os impactos econômicos da pandemia.

O Sindicato dos Taxistas Autônomos do Município do Rio (STAMRJ) estima que aproximadamente 5 mil dos 33 mil táxis da cidade (15% da frota) já superaram o limite de dez anos. Alan Ramos, diretor de Comunicação da entidade, apoia a mudança e afirma: “A pandemia afetou taxistas financeiramente. Vemos como positiva a medida, desde que a prefeitura consiga fiscalizar esses veículos que vão passar da idade.”

No entanto, o cientista político Paulo Roberto Figueira Leal critica a falta de discussão aprofundada sobre os impactos dessas mudanças. “Em todos os legislativos do país, essa é uma prática às vésperas de eleições. São votadas propostas para agradar aos eleitores de determinadas categorias sem uma discussão mais aprofundada do impacto que vão provocar. Isso é uma distorção”, afirma.

A aprovação do projeto que reduz a frequência das vistorias e a discussão sobre o limite de idade dos veículos refletem a tentativa dos vereadores de atender às demandas dos taxistas, que enfrentam dificuldades financeiras. No entanto, essas medidas também levantam preocupações sobre a fiscalização e a segurança dos veículos em operação na cidade.

Fonte: Extra Rio

(Visitas totais 9.829)

Compartilhe

Uma resposta

  1. boa tarde foi prometido pelo Pref. Eduardo Paes,Dionísio Lins e a Vereadora Vera Lins que liberariam as autonomias dos auxiliares ainda este semestre e não depois das eleições porque pode cair no esquecimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais