Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Vereador Leandro Guerrilha, de Salvador, tenta ‘subir no carro em movimento’ com projeto ‘fake’ sobre o táxi picape

vereador de Salvador, Leandro Guerrilha (Republicanos) - Foto_Reprodução_CMS
Talvez o nobre vereador devesse apresentar a publicação do Diário Oficial do Município com o projeto sancionado pelo prefeito Bruno Reis - Foto: Reprodução/CMS

Quando a maré sobe, até jacaré quer nadar. E é exatamente isso que o vereador de Salvador, Leandro Guerrilha (Partido Progressista), está tentando fazer. De olho nos votos dos taxistas, Guerrilha apareceu recentemente em um evento da categoria, gravando um vídeo em que se apresenta como o “pai da criança” do suposto Projeto de Lei 291/2023, que permitiria o uso de picapes como táxis. Aquele político que nunca trabalhou com a categoria, mas agora, com as eleições no horizonte, resolve dar as caras. Como bom comunicador que é, Guerrilha quer garantir sua aparição na foto, mesmo que a cena seja mais manjada que novela mexicana.

O vereador, em um movimento mais liso que sabão, mostra no vídeo um texto do tal Projeto de Lei datado de 2 de novembro de 2023. Um detalhe interessante? Esse projeto nunca foi protocolado, recebido pela presidência, discutido ou votado na Câmara Municipal, segundo Denis Paim. Parece que a assessoria do vereador está tão empenhada em criar conteúdo que até produziu um texto fantasioso, que só veio à tona agora, cerca de dez meses após a real discussão sobre o assunto táxi picape ter ganhado corpo. Me engana que eu gosto!

“Já está aprovado na câmara… a gente quer agradecer ao prefeito Bruno Reis e a Ana Paula por terem aprovado o projeto. Toda a Câmara Municipal tem aprovado o projeto que prevê aos taxistas usarem o utilitário”, afirma Guerrilha no vídeo. 

Denis Paim, presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT), não deixou barato e logo tratou de criticar a atitude do vereador. “Foi uma atitude imoral do vereador. Todos sabem que venho conversando, há muito tempo, com todos os vereadores, com o presidente da Câmara, Carlos Muniz, e com o prefeito Bruno Reis, pedindo que liberasse os carros utilitários. Esse projeto dele é fake news, nunca foi protocolado, recebido pelo presidente, discutido ou votado pelos vereadores. Guerrilha é amigo de Fabrizzio Muller e quer aparecer, lamentável. Isso é muito ruim para um vereador de mandato. Ele deveria cuidar do trabalho dele e deixar os taxistas em paz, porque a categoria já tem representante que luta, de forma expressiva, na Câmara de Vereadores.”

Talvez o nobre vereador devesse apresentar a publicação do Diário Oficial do Município com o projeto sancionado pelo prefeito Bruno Reis. Assim, sua fala deixaria de ser mais uma ‘fake news’ e a categoria de taxistas de Salvador poderia reconhecer a suposta contribuição de Guerrilha. Mas, como diz o ditado, “gato escaldado tem medo de água fria”, então melhor aguardar sentado.

No final das contas, a tentativa de Leandro Guerrilha de pegar carona num bonde já em movimento parece mais uma versão moderna do “papagaio de pirata”. A categoria de taxistas de Salvador já tem quem lute por seus interesses e, como bem lembrado por Paim, não precisa de aventureiros tentando tirar proveito de um trabalho árduo que vem sendo realizado há tempos. Vamos aguardar os próximos capítulos, mas com um olho no peixe e outro no gato.

(Visitas totais 619)

Compartilhe

Uma resposta

  1. Denis Paim presidente da AGT é o único que nos defende e trabalha dentro da categoria merece nosso respeito, nunca vamos esquecer disso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais