Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Texto do PL, que aumenta para quatro anos o tempo de uso dos táxis do processo seletivo em Salvador, chega na SEGOV, diz AGT

Ponto-de-taxi-na-Barra
O principal ponto do projeto é o aumento do tempo de uso permitido para táxis inseridos no sistema por novos taxistas - Foto: Lucas Moura/Secom/PMS

A Secretaria de Mobilidade de Salvador (Semob) enviou para a Secretaria de Governo (SEGOV) da prefeitura, nesta segunda-feira (10), um texto para um novo projeto de lei, que pretende aumentar para quatro anos o tempo de uso dos táxis do processo seletivo para novos taxistas. Veículos utilitários e motorização dos táxis especiais também serão contemplados. A informação foi divulgada pelo presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT), Denis Paim.

O principal ponto do projeto é o aumento do tempo de uso permitido para táxis inseridos no sistema por novos taxistas, passando de dois para quatro anos. Este ajuste visa proporcionar maior flexibilidade e economicidade para os profissionais que ingressam na atividade. “O aumento da idade dos novos táxis era algo que desde o começo eu já defendia,” afirma Paim.

Além desta alteração, o projeto de lei também visa oficializar a utilização de veículos utilitários tanto para o táxi comum quanto para os táxis especiais, Comtas e Coometas. Anteriormente, essa autorização dependia de uma solicitação específica à Semob. Outro aspecto importante é a mudança na motorização dos táxis especiais, que agora poderão ser equipados com motores de 1 mil cilindradas. Esta última mudança já havia sido autorizada pelo secretário Fabrizzio Muller, mas ainda não estava formalizada no regulamento do Serviço de Transporte Individual de Passageiros por Táxi (SETAX).

Denis Paim destacou a importância do apoio recebido do prefeito Bruno Reis e do presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Carlos Muniz (PSDB). “Fico grato ao prefeito e ao presidente da Câmara, porque eles me atenderam, mais uma vez, ouvindo o nosso pedido, sobre a idade dos carros, com urgência. As outras mudanças também são importantes, porque independem de quem seja o secretário e da sua vontade. Na lei, nenhum secretário poderá criar dificuldades”, explicou.

O próximo passo para o projeto será a análise do chefe da SEGOV, Cacá leão. Após a aprovação do prefeito Bruno Reis, o texto será encaminhado à Câmara de Vereadores para avaliação e votação.

Estas mudanças são vistas como uma evolução necessária para o serviço de táxi em Salvador, beneficiando tanto os taxistas quanto os usuários do serviço. A implementação de veículos utilitários e a flexibilização na motorização são passos significativos para modernizar e tornar mais eficiente o transporte individual de passageiros na cidade.

Com a aprovação deste projeto, espera-se que os novos taxistas tenham condições melhores para iniciar suas atividades, e que as alterações tragam maior competitividade e eficiência ao serviço de táxi em Salvador, consolidando um sistema de transporte mais moderno e acessível para todos.

(Visitas totais 2.579)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais