Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Táxigov estimula estados e cidades a substituírem frota de veículos por táxis e Apps

O programa de substituição da frota de veículos locados e/ou próprios do governo federal para transporta o servidor público, o Táxigov, foi o pontapé inicial para que estados e municípios também reavaliassem suas contas e criassem o seu próprio programa de redução de custos através da utilização de táxis e veículos que rodam via aplicativos.

 

image
Imagens: Ministério do Planejamento

Desde o início de sua implantação, em fevereiro, o TáxiGov começou a ser utilizado por quatro órgãos do Executivo Federal – Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O serviço tem por objetivo melhorar a eficiência do gasto público, gerando uma economia de aproximadamente R$ 20 milhões por ano relacionada ao transporte administrativo de servidores e maior controle e transparência do serviço.

 

“O mesmo percurso realizado pelo TáxiGov custa cerca de 60% menos em relação a contratos anteriores do governo federal”, disse o secretário de Gestão do MP, Gleisson Rubin.

 

O modelo substitui carros próprios e locados e a estimativa é que, até o início de 2018, todos os ministérios localizados no Distrito Federal estejam utilizando o serviço. Para a utilização do transporte, os usuários podem solicitar o veículo por meio de aplicativo para smartphone, via web ou por Central de Atendimento.

 

Porto Alegre

 

Na capital gaúcha, Porto Alegre, a Tele Táxi Cidade venceu a concorrência para transportar servidores da prefeitura. A cooperativa ofereceu 7% de desconto em relação ao taxímetro no pregão eletrônico realizado pelo executivo para contratação do serviço, que substituirá o uso de carros locados pela prefeitura.

 

O superintendente da Central de Licitações da Secretaria Municipal da Fazenda (Celic), José Otávio Ferraz, diz que os táxis vão atender secretarias, autarquias e fundações.

 

O prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) anunciou em fevereiro que iria buscar a solução para reduzir os gastos, que teriam sido de mais de R$ 40 milhões em 2016.

 

São Paulo

 

A prefeitura de São Paulo anunciou, em fevereiro, que também passaria a usar o táxi e aplicativos para o transporte de servidores, porém ainda não iniciou a operação.

 

A Prefeitura diz que ao deixar de utilizar veículos próprios, haverá economia em gasolina, seguro, estacionamento, manutenção, entre outros custos que serão eliminados, com o uso do serviço de transporte individual. O executivo poderá ainda se desfazer de uma parte da frota própria de veículos. Com isso, a gestão do prefeito João Doria com este serviço dará mais transparência e permitirá um melhor controle de gastos. A medida pretende economizar cerca de R$ 120 milhões por ano.

 

A frota, que hoje tem 3.500 carros, vai ficar com menos de 1.200. Segundo a Prefeitura, alguns carros oficiais vão ser vendidos e a metade dos alugados, dispensada. Serão mantidos apenas um carro por secretaria e todos os que fazem atividades específicas, como ambulâncias e carros da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

 

Recentemente quem também anunciou a substituição de veículos alugados por transportes via aplicativos foi o governo paulista. Táxis e empresas de aplicativos que utilizam veículos particulares como Uber, Cabify e 99 poderão participar da licitação. Dos 7200 veículos, cerca de 18% deverão ser substituídos em um ano.

 

O comitê gestor do programa Melhoria do Gasto Público, criado em 2012, afirma que R$ 200 milhões são gastos anualmente com contratos de locação de veículos. A intenção é cortar 20% com a escolha de aplicativos.

 

imagem-mp

 

Fontes: Ministério do Planejamento, Jornal do Comércio, G1/SP e Jornal Folha de S. Paulo

 

(Visitas totais 152)

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais