Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post
Anuncie no Ei Táxi - Banner Superior

Semob promete ampliar o combate ao transporte clandestino

Líderes saíram do encontro acreditando nos esforços prometidos pela Semob - Foto: Ei, Táxi
Líderes saíram do encontro acreditando nos esforços prometidos pela Semob – Foto: Ei, Táxi

 

O secretário de mobilidade, Fábio Mota, prometeu aos taxistas que ampliará o combate ao transporte clandestino em Salvador.

 

Em reunião ocorrida, no último dia 14, na Secretaria de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, titular da secretaria, e Marcelo Tavares, chefe da Coordenação de Táxi e Transporte Especiais (Cotae), receberam uma comitiva de aproximadamente trinta taxistas, além do vereador Alfredo Mangueira (PMDB) para apresentar os números obtidos com as operções de combate ao transporte clandestino.

 

Segundo a Semob, as apreensões ao transporte clandestino têm ocorrido de forma mais eficaz, desde o início do ano. De janeiro até o dia 5/07, ocorreram 259 apreensões de veículos irregulares fazendo o serviço de transporte de passageiros na capital. As operações estão acontecendo com o apoio da Polícia Militar, especialmente do Esquadrão Águia da PM. Atualmente, existe uma equipe com 10 agentes, trabalhando nos horários de maior atuação da clandestinidade. Segundo Mota, a intenção é dobrar o efetivo e ter duas equipes nas ruas.

 

Constantemente, diversos taxistas entram em contato com a redação do Ei, Táxi para denunciar o transporte clandestino atuando em Salvador. Os locais são os de sempre, os portais da capital como aeroporto, rodoviária e Ferry- boat, redes de supermercados, shopping centers, hotéis e até hospitais. Recentemente, os taxistas que rodam na região do Hospital Aristides Maltez (HAM), em Brotas, denunciaram que não aguentam mais a atuação dos clandestinos.

 

Apesar dos números apresentados, o secretário, Fábio Mota, reconhece a dificuldade do problema, especialmente depois que os carros do aplicativo Uber passaram a atuar na cidade. “O maior desafio tem sido configurar o flagrante do motorista do Uber, mas temos conseguido. Soubemos que o menor faturamento da empresa é aqui em Salvador, isso é reflexo do combate. É importante ressaltar que todos os veículos apreendidos só saíram do pátio, após o pagamento da multa no valor de R$ 2.500. Aí aparece o papel da lei do vereador Mangueira contra o transporte ilegal, porém se a justiça entender que se trata de uma lei inconstitucional dificultará o nosso trabalho”.

 

Aos taxistas foi solicitado que continuem denunciando. O vereador Mangueira pontuou que será necessário que a categoria tenha calma e aja dentro da lei, apenas, denunciando a ilegalidade. Outra medida a ser adotada pelos taxistas será ingressar com uma ação contra a Uber, provocando o Ministério Público a investigar a atuação da empresa na Bahia.

 

A Semob pretende marcar reuniões com a Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria de Segurança Pública, Procuradoria Geral do Estado, Ministério Público e representantes do Poder Judiciário com o intuito de mostrar a todas as partes o quanto a categoria de taxista está sendo prejudicada com a clandestinidade. Fábio Mota revelou também que a prefeitura está estudando a possibilidade de parcerias com o setor privado para o desenvolvimento de um aplicativo de chamada de táxi.

(Visitas totais 122)

Compartilhe

Uma resposta

  1. GOSTARIA DE COLOCAR UM DETALHE: OS CLANDESTINOS E AS KOMBIS QUE FAZEM TRANSPORTE CLANDESTINOS ELES USAM UM MOTO TAXI PARA ACOMPANHAR A FISCALIZAÇÃO E INFORMAR AOS CLANDESTINOS ONDE SE ENCONTRA A FISCALIZAÇÃO. Eles tem um moto taxi só para isso trabalhando o dia todo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais