Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Esclarecimento sobre isenções fiscais para táxis picapes na Bahia

táxi de feira de santana na bahia-ft-Paulo-Jose-acorda-cidade
Táxi simulado na cidade de Feira de Santana, na Bahia - Foto: Paulo José/acordacidade

Recentemente, circulou em grupos de WhatsApp um áudio que gerou confusão sobre a possibilidade de veículos da categoria picapes receberem isenções fiscais de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) e Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) na Bahia. A informação disseminada no áudio, indicando que a homologação dependeria de Salvador e que cidades do interior precisariam aguardar, é incorreta.

A verdade, conforme esclarecimento da assessoria da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz-Ba) ao Ei Táxi, é que a única exigência para um veículo ser utilizado como táxi e obter as isenções fiscais é que seja um “automóvel de passageiros equipado com motor de cilindrada não superior a dois mil centímetros cúbicos (2.0)”. Isso significa que picapes que possuam cinco lugares e um motor com cilindradas abaixo de 2.0 estão aptas a receberem essas isenções.

É crucial esclarecer que não há qualquer relação entre a capital, Salvador, e a Sefaz-Ba para que as demais cidades do estado possam aprovar veículos do tipo picape no sistema de táxi. A legislação estadual é clara quanto aos requisitos, e a homologação depende exclusivamente do atendimento a esses critérios, não estando vinculada a questões geográficas.

Adicionalmente, é importante ressaltar que os municípios não têm necessidade de solicitar qualquer autorização específica à Sefaz-Ba, uma vez que a legislação atual já é clara, e nada mais precisa ser feito nesse sentido. Portanto, para os taxistas e interessados em utilizar picapes como veículos de táxi na Bahia, a mensagem correta é que, atendendo aos requisitos de cilindrada e capacidade de passageiros, é possível obter as isenções fiscais previstas na legislação estadual, independentemente da cidade de atuação.

(Visitas totais 5.182)

Compartilhe

Uma resposta

  1. Excelente exclarecimento, pois as isenções são estaduais e não municipais. Assim como a Isenção ISS/TFF ja deveria ser respeitada pela prefeitura e não emitir cobranças indevidas uma vez que a prefeitura e transsalvador tem segundo eles integração nos sistema do detram para gerar multas assim como, ter acesso as informações de veiculos dos permissionarios e fazer a lei de isenção do Art. 113 Inc. II, da lei 7.186/2006, a isenção do ISS e TFF .
    Isenção de ISS Autônomo

    Documentação Exigida
    · Requerimento Padrão;
    · Cartão CGA;
    · RG e CPF do Responsável;
    · Documento do Veículo e Carteira de Habilitação;
    · Certidão do DETRAN (Proprietário de um único veículo).
    Obs: Quando não se tratar de proprietário de imóvel ou sócio-gerente da empresa, o contribuinte deverá apresentar a procuração dando-lhe poderes para representá-los.
    Imunidade de ISS (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza)

    So precisamos exigir que as leis sejam cumpridas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais