Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Diretoria da Táxi Coometas inova e leva coordenador da COTAE para assembleia da cooperativa em Salvador

assembleia táxi Coometas
O Ei Táxi esteve presente e bateu um papo com Dilmar Copque

A diretoria da Táxi Coometas, cooperativa de táxi que atua no aeroporto de Salvador, inovou, levando o novo chefe da Coordenação de Táxi e Transportes Especiais de Salvador (COTAE) para a sua assembleia com os cooperados. O encontro aconteceu na manhã do último dia 5. Coordenador teve a oportunidade de falar sobre novas ações que o órgão pretende implementar, além de responder a queixas antigas dos taxistas. O Ei Táxi esteve presente e bateu um papo com Dilmar Copque.

Na manhã, em que os cooperados, presentes na Assembleia Geral da Táxi Coometas, receberam a prestação de contas de 2021 e conheceram o plano estratégico de 2022, apresentados pela diretoria, o novo coordenado da COTAE, Dilmar Copque, fez uma breve explanação para os taxistas presentes.

A ação, pioneira, foi uma ideia da atual gestão da cooperativa, que mostra-se esperançosa com o nível de acesso e a forma como tem sido recepcionada pela nova chefia do órgão municipal. Para o grupo, que está à frente da cooperativa com mandato entre 2021 e 2023, formado por Osmar Bulhões (Diretor Presidente), Adriano Eugenio (Diretor Financeiro) e Jamilson Almeida (Diretor Administrativo), a participação do coordenador na Assembleia demonstra uma sinalização positiva da prefeitura em relação às demandas da classe, além de estreitar o relacionamento entre o poder público e a categoria.

Durante a fala de Dilmar, os taxistas puderam questionar o gestor a respeito de problemas que os profissionais enfrentam no dia a dia. Questionamento sobre operações de combate ao transporte clandestino, veículos estacionados em locais proibidos no aeroporto e, até, supostas participações de agentes públicos no transporte clandestino.

De acordo com o coordenador, muitas operações irão acontecer, mas ele não poderia expor, na reunião. Ele também disse, que têm acontecido reuniões com a diretoria da Vinci Airport [empresa francesa operadora aeroportuária, que administra o aeroporto da capital baiana], no intuito de alinharem as ações e aproveitarem informações que a Vinci possui como imagens de câmeras espalhadas pelo terminal aéreo. Sobre as denúncias, supostamente, envolvendo agentes públicos, Dilmar garantiu que a lei será aplicada para todos e, havendo a participação de servidores, eles responderão à lei.

O Ei Táxi esteve presente, também a convite da diretoria da Táxi Coometas, e aproveitou para bater um papo com o novo chefe da Coordenação de Táxi e Transportes Especiais de Salvador.

O que você achou de participar de uma assembleia da categoria?

Dilmar Copque: Primeiro, foi importante para os cooperados saberem que não existe nenhum impedimento deles terem contato com a prefeitura e também conhecerem todos os projetos que a prefeitura tem para a categoria, que vão melhora, bastante, a vida dos taxistas como o aumento do número de pontos de apoio na cidade e o combate ao transporte clandestino.

Você pretende fazer isso mais vezes com outras cooperativas?

Dilmar Copque: Esse convite especial foi da Coometas, para que a gente pudesse participar e o pessoal pudesse conhecer a gestão da COTAE. Claro que assim que a gente for convidado, não vamos medir esforços para participar, inclusive quebrar um paradigma de que o poder público é inacessível. Sempre que formos chamados, nós vamos nos fazer presentes, na medida do possível.

Você poderia falar mais sobre as novas implementações na COTAE?

Dilmar Copque: De ordem do secretário, Fabrizzio Muller, a gente está reestruturando o órgão para implementar melhorias no atendimento. A ideia é aplicar, até o fim do ano, ações que possibilitem que o taxista não precise se deslocar até a COTAE para atualizar dados cadastrais ou receber documentos. Com a tecnologia, podemos transformar esse atendimento através de QR Code, recebendo os dados pela internet, restando, apenas, para o taxista, sua ida na prefeitura para levar o carro para a vistoria. A prefeitura tem a intenção de pôr esse projeto em prática o quanto antes para que o taxista tenha a comodidade de fazer quase tudo de sua casa ou da cooperativa.

Isso já acontecerá esse ano?

Dilmar Copque: A gente está pensando em começar um projeto-piloto no segundo semestre desse ano, que vai precisar criar um marco técnico para que no ano que vem a gente estenda para todos. Estamos discutindo com o sindicato, que é o representante legal da categoria, e também com as cooperativas que já possuem uma estrutura tecnológica avançada como é o caso da Comtas e Coometas e aí, fazendo os ajustes necessários, estendamos a toda categoria. Se der tempo, ainda esse ano.

O que vocês pretendem fazer quanto ao transporte clandestino?

Dilmar Copque: A prefeitura já exerce a fiscalização do transporte irregular na cidade, em todas as regiões. Com a decisão recente do TJ [Tribunal de Justiça da Bahia] sobre a Lei 9.107/2016 [Lei municipal, que dispõe sobre a penalidade aplicada aos proprietários de veículos que operam clandestinamente o sistema de transporte público de Salvador], trazendo maior rigor e eficiência na fiscalização, nós acreditamos que isso veio a facilitar nossas ações, porque a gente tinha impedimentos, inclusive com liminares na justiça, fazendo com que a prefeitura abstenha-se de fiscalizar determinados veículos. Então, agora, a gente vai intensificar a fiscalização em toda a cidade, especialmente nos portais de entrada como rodoviária, aeroporto e ferry boat, além de pontos turísticos e centros comerciais. Esperamos que com essas medidas, o transporte legalizado tenha melhoras e a população seja beneficiada com mais acesso a transporte seguro e regular.

Aplicativos: aplicação da lei e vistoria dos veículos

Dilmar Copque: Já existe a lei e o decreto regulamentando, agora, a prefeitura está implementando tudo isso, operacionalizando, de fato, a legislação. Em breve, iremos cadastrar as empresas e motoristas, mas ainda não tem uma data específica pra isso. O secretário deve anunciar essa data. Enquanto isso, estamos arrumando a casa para atender toda essa demanda.

Entenda: Lei 9.107/2016

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) acolheu recurso da Procuradoria-Geral do Município e considerou válida a Lei Municipal nº 9.107/2016, que dispõe sobre a penalidade aplicada aos proprietários de veículos que operam clandestinamente o sistema de transporte público de Salvador.

A ação direta de inconstitucionalidade (ADIn) foi movida pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) em 2018 e chegou a ser julgada procedente pelo Tribunal em 2021. Mas diante dos embargos do Município, o próprio MP-BA reconheceu que o Supremo Tribunal Federal havia firmado entendimento mais recente no sentido de que a Prefeitura tem “competência legislativa para dispor sobre o transporte irregular de passageiros e a aplicação da penalidade de apreensão de veículos”.

Para o STF, no Tema 546 em matéria de Repercussão Geral, é “constitucional previsão normativa local voltada a coibir fraude considerado o serviço público de transporte coletivo”.

Com isso, o TJ-BA, em voto da Desembargadora Maria de Fátima Silva Carvalho, considerou o novo entendimento do STF e permitiu, de forma unânime, que o Município possa aplicar multa de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) e apreender o veículo que for flagrado realizando transporte clandestino.

Segundo a Lei Municipal nº 9.107/2016, validada, agora, pelo TJ-BA, no caso de reincidência do transporte clandestino, deverá ser cobrado o dobro do valor da multa. Foi autorizado, ainda, que as operações de fiscalização sejam realizadas conjuntamente com as Polícias Civil e Militar.

(Visitas totais 1.143)

Compartilhe

Respostas de 43

  1. Caro colega Antônio. Não se esqueça que a prefeitura esse ano nem cobrou a taxa da vistoria e os veículos mais antigos também estavam liberados pra fazer a vistoria. Eu tive lá e vi. Meu veículo tem mais de 8 anos e graças a Deus e a prefeitura eu tô na praça eu vi também nos grupos aí um monte de carro rodando sem faixa e tudo novo temos que combate isso parece que tem gente que só tá usando o alvará pra comprar carro com isenção mais barato KD que ninguém fala sobre isso e tem mais fizeram uma matéria aí um dia desses que ao invés de ajudar acabou com a imagem do taxista só faltou dizer que taxista era clandestino do jeito que a reportagem foi totalmente infeliz nós temos que buscar liderança inteligente e sem partido que junto aos órgãos público nos ajude e não fique inventando mentiras essa daí eu não caio mais já foi agora é olhar para o novo essa entrevista aí o coordenador diz e que a prefeitura vai é fazer serviço pela internet para o taxista nem precisar ir lá já já vai aparecer um mentiroso e dizer que foi ele quem deu a ideia ou solicitou kkkkkkk estamos de olho .. eu nem vou dizer aqui qual o apelido desse rapaz aí nos grupos kkkk esse não é o canal apropriado e discussões aqui não ajudará a nossa categoria ” o trabalho não para”

  2. O Permissionário não queria dar baixa no meu crachá, eu não sabia o que fazer, o coordenador me orientou direito e consegui a baixa. Antes ficava de um lado pra outro sem resolver, passando dificuldade pois não podia entrar em outro alvará.

    Após eu conseguir, veio um querendo tirar foto comigo como se fosse ele o representante da categoria que conseguiu, tô fora, gosto da verdade não de mentiroso.

  3. Hum.. então a coisa é política? Ah entendi … Pensei que era sobre o táxi. Eu na praça a anos e vi que o interesse desse entregador de máscara é apenas um, se eleger .
    É só vc caro colega abrir os olhos e entender que o líder é a cara do seu liderado e se eu fosse atrás desse político aí, eu tava em maus lençóis. É como se fosse um cego guiando outro cego. O cara só sabe criticar as pessoas e um monte de colegas aqui que já ajudou ele foi passado pra trás um monte de gente que estendeu a mão e agora que a getaxi tá de cara nova e não tá entrando nas mentiras que rola por aí muita gente tá achando ruim parece que quer que a categoria fique manipulada por esse ou aquele candidato. Eu vou ficar de olho aqui se esse reclamador vai se candidatar a alguma coisa daí eu vou colocar nos nossos grupos de taxista que eu avisei alertei a categoria sobre essa política e manobra mas meu colega quem tá cego segue ele eu já acordei e vi já fui reclamador da prefeitura e serei sempre se tá errado mas por enquanto os pessoal que entrou aí tão de parabéns, se falharem vou crítica mas essa gestão tá de parabéns “o trabalho não para”

  4. Muito antes da pandemia já fui atendido sim,mais depois da pandemia que o comércio fechou as porta muito taxista ficaram sem renda devido o comércio ter suas porta fecha isso abalou o Brasil que até o Presidente entendeu e ajudou a população de baixa renda com auxilio.
    E nesse período alguns dos taxista que pagam aluguel de casa e de e do próprio táxi ganhou o que DISPRESO até o momento que nem o taxi por mais de 8 anos porém estão em boas condições de uso, mais foram barrado e a GETAXE não deixou faser a vistoria foram barrado. Já ah dois meses esses motorista inclusive eu passando por mal situação.vocês coordenadores tem que entender que nessa categoria tem tem taxista que você do táxi
    E outros tem o taxi por ter pra não ficar em casa aí sai mais muito você de táxi.
    Daí surgiu um Abençoado
    Para representar e ajudar os táxista e foi bem chegado e os taxista o abraçou o por ser uma pessoa corajosa do qual quer ajudar seus colegas.
    Então fica o outro lado comentando que o rapaz fica puxando o saco entregando máscara etc.
    Isso é inveja em vez de falar essa bobagem faça o mesmo ajudem os táxista que não conseguiram faser sua vistoria
    Fique sabendo que houve vários motivo que impediu algum taxista não apresentarem o carro na data principalmente
    Recurso por falta de passageiro
    Na rua.
    Entendeu?
    Se caso o rapaz se candidatar nós o elegeremos com força total. Ele merece até o momento
    Só existe um ajudando a classe até de madruga goste quem gostar essa e minha opiníao.
    Sem mais um abraço.

  5. Meus colegas, repito e digo, até que enfim um representante da prefeitura que vem ouvindo e atendendo nossos pleitos, que Deus abençoe e ilumine os caminhos desse rapaz, que ele consiga manter essa pegada.. “o trabalho não para”
    Os invejosos vão ficar se roendo, pois essa gestão é técnica e não da lugar a quem ta querendo nos usar para ganhar voto nas eleições que vem aí. Meus colegas fiquem atentos.. tem gente entregando máscara a táxista em troca de voto. Não se deixe enganar

  6. Esses taxistas que estão falando bem, são todos do grupo unidos na guerra, são da panelinha de determinados cidadão que eu nem mencionou o nome. Politicagem pura!

  7. Tenho 15 anos comi taxista, e em todos esses anos, nunca vi uma farça como esse. Um servidor público fazendo politicagem. Tudo mentira tudo armação. Pessoas externa influenciando quem deve ou não ser atendido sem agendamento. Ligando para os taxistas com problemas e informando que somente ele pode resolver. O que é isso, alguém deve tomar providencias.

  8. Nunca antes nessa getax fomos tão bem tratados e reconhecidos. O ponto do Bonfim foi resolvido, o ponto do terminal náutico que uma pessoa que se diz representante da categoria há muito tempo não resolveu. Agora que a getax resolveu essa pessoa ficou com ciúmes.
    Parece que é raiva dessa nova gestão pois esse “representante” tá chegando atrasado nas notícias… Parabéns a getax

    1. Você é outro mentiroso, esses pontos, já haviam protocolos para eles. Acontece que não era realizados porque a AGT era a solicitantes. Agora ele faz e faz questão em divulgar nas redes sociais. Isso é do que obrigação. Bando de mentirosos.

  9. Os agentes de trabalho na rua parece que são orientados para tratar os taxistas mal e isso não é bom para nossa categoria, não adianta ficarem pousando de bom samaritano se na verdade não é nada disso

  10. Sabemos que isso tudo é um jogo pois na verdade os taxista está tendo muito problema lá dentro da jettax, principalmente se não fizer o jogo que eles querem, tirar foto e fazer vídeo elogiando o coordenador atual,

  11. Boa noite, fico até desconfiado de ver tantos elogios positivos para uma administração péssima, horrível, que não trata os taxistas com humanidade, sempre agindo com base no desacato a autoridade, caso o taxista venha a falar qualquer coisa que não agrade a eles, esse atendimento não se limita só dentro da COTAE mais também nas ruas quando somos abordados, e esse mauricinho bombado não tem capacidade de está gerindo uma administração como esta,ele já foi taxista ? para entender as demandas da classe, o que nós passamos no dia a dia para levar o pão para casa, eu vejo que não é hora de elogiar, mais sim de cobrar e só um taxista de verdade é que entende isso.obrigado.

    1. Boa noite meu amigo. Não sou defensor da prefeitura, e realmente sempre perseguiu o táxi. Mas essa gestão eu já vejo diálogo. E isso é uma mudança. Eu acho seu comentário muito pessoal. Sou taxista igual a você e quero melhorias!!

    1. EU SOU TAXISTA A 55 ANOS SE A GETAXIS ERA RUIM COM ESSE COORDENADOR FICOU MUITO PIOR PORQUE ELE SO MAUTRATRA AQUELES QUE REALMENTE PRECISA DE APOIO SE NÃO FOSSE COM AJUDA DO SR DENIS PAIM ATÉ HOJE EU ESTARIA ARRASTANDO CORRENTES PORQUE ESSA PRAGA DESSE COORDENADOR FOI APIOR COISA QUE JÁ CHEGOU NA GETAXIS ESSE CARASCO NAZISTA

  12. Vejo muita boa vontade da coordenação de facilitar o atendimento na cotae . Vejo seriedade no trabalho deles aqueles que precisar vão lá pessoalmente e procure o Cordenador Dilmar ou membro da sua equipe de trabalho .

  13. Cheguei na getax pra resolver um problema no meu alvara, fui muito bem atendido, eu não sabia pra onde ir. Mas graças a Deus resolvi tudo com ajuda deles. Mudou muito o atendimento

  14. Excelente profissional, educado, trata todos de igual maneira . Fabrizzio Miller acertou dessa vez.
    Esclarece todas as dúvidas da categoria e tem bons planos para melhorar o serviço do táxi em Salvador. Parabéns

      1. Reunião partidária o Coordenador e servidor público e não pode fazer campanha eleitoral nem tão pouco escolher a quem deve ser beneficiado com os serviços públicos … Existe várias denúncias que ele e duas capas na frente na imprensa e uma coisa e com os taxista no particular e outra comprovem pois o mesmo vem trazendo vários entraves para a categoria. Dentre eles o impedimento da CNH remunerada. O atraso das transferências . A redução da idade dos cháca . Será que que e verdade essa raposa em veste de urso. Ele está sendo obrigado a prestar os serviços por ordem da Secretaria de mobilidade pois já foram feitas várias denúncias do mesmo . A categoria estar de olho aberto a quem vem trabalhando pela mesma . . . Nunca vi um gestor público em assembleia de cooperativa . Me explica qual o interesse mesmo. Fica a pergunta Ei táxi. Aguardando uma resposta

  15. O atendimento na cotação é péssimo esse coordenador é muito mal educado pedante e arrogante mal caráter eles trata agente como se fosse bandido presidiário inaceitável nos n aguentamos mas

  16. E inaceitável como esse coordenador vem prejudicando a classe. Será q nosso prefeito está com uma venda nos olhos q não vê isso. Um absurdo

    1. Realmente isso está acontecendo, ficou bem salientado quando ele reuniu 10 pessoas para dar a transferência sem precisar fazer agendamento e a única coisa que a pessoa precisava fazer era tirar foto e fazer vídeo elogiando a pessoa que eles queriam que fosse elogiado isso é fazer política uma máquina pública

      1. Hoje dá vontade de ser taxista. Tive na getaxi e vi Tantos projetos que vão sair em breve que fiquei muito feliz. Espero que dê certo dessa vez, pois há anos que tem um monte de gente fazendo dos taxistas massa de manobra para palanque eleitoral. Nós não podemos deixar isso acontecer. Com essa gestão aí o trabalho não para mesmo… Parabéns a SEMOB e ao Secretário Fabrizzio Miler

        1. Bom dia a todos! Infelizmente tem colegas(meia dúzia de pelegos), fazendo comentários que não retratam a realidade, não sei por qual motivo ( talvez politicagem),pois sou taxista a muitos anos e nunca vi uma gestão tão despreparada e desastrada como essa para com a classe dos taxistas. Lá na Cotae o atendimento é péssimo, perdemos muitas vezes uma manhã para protocolar um simples documento,somos desrespeitados e tratados como pedintes por toda tropa comandada por esse atual Diretor Filmar,quero que o mesmo saiba que ele não está tratando com analfabetos , conhecemos nossos direitos e não vamos pra lá pedir nada pra ele, só queremos respeito e que seja cumprida a lei. O mesmo vem criando factóides na sua gestão que já começou natimorta, legislando em causa própria e inventando procedimentos nunca cobrados antes. Espero que o Prefeito Bruno Reis exonere o mesmo ,antes que seja tarde,pois está prestando um grande desserviço aos taxistas e como consequência a população.de salvador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais