Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Cooperativas de Táxis Especiais de Camaçari propõem mudanças à prefeitura: Renovação de permissões e possibilidade de táxis em branco ou prata

reunião das Cooperativas de Taxi Especial com a prefeitura de Camaçari - Foto_reprodução_destaque1
Os representantes das cooperativas de táxi de Camaçari solicitaram de Helder Almeida, que busque estabelecer contato com a Semob de Salvador para negociar a localização de pontos de táxi da região metropolitana no aeroporto - Foto: reprodução/destaque1

Em uma reunião realizada no dia 26 de março com Helder Almeida, diretor-superintendente da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT) de Camaçari, as cooperativas de táxis especiais apresentaram uma série de demandas visando melhorias no sistema de transporte da cidade.

Entre as pautas aprovadas destaca-se a proposta de alteração no período de renovação das permissões, atualmente realizadas a cada cinco anos. As cooperativas sugerem que esse prazo seja estendido para dez anos, alinhando-o ao período de permanência dos veículos no sistema de táxi.

Outra demanda significativa é a desburocratização dos documentos solicitados na renovação das permissões, visando facilitar o processo para os taxistas. Além disso, propõe-se permitir o ingresso no sistema de táxi de qualquer modelo de veículo leve, desde que seja de quatro portas e utilize bag (porta-malas) no teto, incluindo picapes com carroceria.

Uma das mudanças mais visíveis seria a permissão para que os táxis circulem nas cores branco ou prata, oferecendo mais opções estéticas e de compra aos taxistas.

Outras propostas incluem a exigência de que apenas cooperados com a carta emitida pela cooperativa, original e atualizada, sejam atendidos, além da negociação com o Sistema Sest/Senat para aceitar o Curso de Taxista.

Também foi discutida a possibilidade de permitir a parada do táxi especial nos pontos de táxi do município para embarque e desembarque de passageiros, expandindo o alcance do serviço.

Por fim, os representantes das cooperativas de táxi de Camaçari solicitaram de Helder Almeida, que busque estabelecer contato com a Semob de Salvador para negociar a localização de pontos de táxi da região metropolitana no aeroporto, com o objetivo de evitar multas aplicadas pela Transalvador aos taxistas de Camaçari.

A reunião contou com a participação dos presidentes das cooperativas de táxi especial e representantes do Sindicato dos Taxistas de Camaçari (SINTAC).

(Visitas totais 1.882)

Compartilhe

2 respostas

  1. muito importante essa reunião Pará a categoria assim pode melhorar o trabalho prestado e também reconhecer a importância dos app como serviço essencial Pará população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais