Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Categoria aprova esquema da SEMOB e já projeta um excelente Carnaval em Salvador

gradis-taxistas-av-centenrio-evilnia-sena-site
Corredores exclusivos para táxis devem ser mantidos – Foto: Evilnia Sena

 

O esquema de táxi montado pela prefeitura foi positivo tanto no Festival da Virada 2018 como na Lavagem do Bonfim, segundo a categoria. Até o Carnaval, o calendário de eventos da Boa Terra está recheado e as oportunidades para os taxistas são promissoras.

 

“Fábio Mota, Fabrizzio Muller e Marcelo Tavares estão de parabéns. A categoria ficou satisfeita com o resultado das filas. Não só o taxista pôde trabalhar como o transporte clandestino foi combatido, pois não teve o mesmo acesso que o táxi. Acreditamos que no Carnaval essa parceria entre a prefeitura e a categoria trará excelentes resultados para os taxistas e para a população”, este relato, coincidente com o de muitos taxistas, foi do presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT), Ademilton Paim.

 

Representantes da categoria deverão se reunir, nos próximos dias, com a Secretaria de Mobilidade (SEMOB) para definirem a organização das filas de táxis.

 

Festival da Virada Salvador 2018

 

Os relatos dos taxistas durante os festejos da virada de ano foram, em sua maioria, que a fila foi muito bem organizada e por conta disso a categoria conseguiu faturar durante os cinco dias de festa.

 

Aliás, não só entre os taxistas, mas o evento foi aprovado pela população soteropolitana e pelos turistas. O Réveillon de Salvador se firmou como um dos grandes eventos do país, reunindo cerca de 2 milhões de pessoas na Arena Daniela Mercury, durante os cinco dias de festa.

 

Segundo o Ministério do Turismo, 430 mil visitantes foram responsáveis por quase 100% de ocupação hoteleira, injetando algo como R$ 405 milhões na economia da cidade.

 

Lavagem do Bonfim

 

A SEMOB criou um bolsão de táxi no Largo de Roma, próximo às Obras Sociais Irmã Dulce, na Cidade Baixa, a aproximadamente 1,5 Km da Igreja do Nosso Senhor do Bonfim. Este esquema permitiu uma melhor mobilidade na região e com isso, os táxis puderam levar os passageiros até próximo da igreja.

 

Os táxis tiveram acesso pelo Túnel Américo Simas até alçarem a Av. Eng. Oscar Pontes, onde trafegaram no sentido inverso ao fluxo normal (a via passou a ser mão e contramão); em seguida pegavam a Rua Barão de Cotegipe até alcançarem o Largo de Roma; lá os motoristas poderiam entrar na fila ou se estivessem com cliente ainda tinham a possibilidade de adentrar à Av. dos Dendezeiros até a Vila Militar. No fim da tarde, devido à quantidade de transeuntes, os táxis foram limitados até o Largo da Calçada. Somente táxi e mototáxi tiveram permissão para trafegar por este esquema montado pela prefeitura.

 

Programação até o Carnaval 2018

 

01/02 (quinta-feira) lavagem de Itapuã;

02/02 – Festa de Yemanjá (Rio Vermelho);

03/02 – Fuzuê (Barra);

04/02 – Furdunço (Barra);

05/02 – Ensaio do Harmonia do Samba (Wet’n Wild);

06/02 – Pipoco com Léo Santana (Barra);

07/02 – Fanfarras (Barra);

08/02 (quinta-feira) – Abertura oficial do Carnaval de Salvador 2018;

14/02 (quarta-feira de cinzas) – Arrastão de encerramento do Carnaval (Barra).

 

Pisou na bola

 

Alguns taxistas pisaram na bola durante a Lavagem do Bonfim. Tinham profissionais que manobravam na via exclusiva para táxi, objetivando pegar o sentido contrário e isso foi o causador de engarrafamentos no fim da festa.

 

Outro fato que gerou muito comentário negativo foi a desonestidade de um taxista que cobrou R$ 70 de um cliente, numa corrida da Calçada à Barra, o que daria em torno de R$ 30. Infelizmente, existem estes que mancham a imagem da categoria.

 

Precisa melhorar

 

Embora a organização das filas esteja dando certo, a SEMOB precisa melhorar no aspecto comunicação e antecipar o plano para a categoria. A classe tem tomado conhecimento dos locais de filas e pontos, faltando alguns dias ou até horas para o início da festa. O correto seria que já se soubesse como tudo iria acontecer antecipadamente. Até porque estes eventos não começaram este ano!

 

(Visitas totais 72)

Compartilhe

Uma resposta

  1. O q precisa é conscientizar o agente da TRANSALVADOR q o TAXISTA é um Profissional q está prestando um Serviço a População é ñao um inimigo..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais