Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

Carnaval 2018: Sem fiscais, motoristas de aplicativos exploram os foliões nas saídas dos circuitos

que-tiro-foi-esse-1516280889
Imagem: reprodução de www.enjoymaringa.com.br

 

Sem fiscais nas ruas, os motoristas de aplicativos como Uber estão se aproveitando e explorando os foliões que saem dos circuitos após as 3h da madrugada.

 

O gestor da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Fabrizzio Muller, insiste que os fiscais permanecem nas ruas até a manhã do dia seguinte, mas os taxistas rebatem e dizem que os motoristas clandestinos que fazem transporte através de aplicativos estão deitando e rolando nas vias do entorno da folia sem qualquer fiscalização. Há quem diga que é tudo combinado.

 

Existem relatos de cobrança de um motorista particular, de Ondina à Praia de Armação, por R$ 100. No táxi, essa corrida sairia, em média, por R$ 36, mesmo na Bandeira 2.

 

“Sem fiscais e com o trânsito livre, o resultado tem sido o esperado, cobranças abusivas sobre os foliões que deixam os circuitos ao amanhecer. Se fôssemos nós, os taxistas, seríamos chamados de bandidos”, desabafa um taxista que preferiu não ser identificado.

 

A cobrança indevida não é novidade, todos já sabiam que isso ira acontecer. O que é preciso destacar na verdade é como este serviço é feito, sem aplicação móvel, com ponto de parada e negociação direta entre o motorista e o passageiro. Até as empresas de aplicativos são lesadas. Mas se alguém perguntar à justiça brasileira que teima em falar que são serviços distintos, ouvirá aquilo que eles querem dizer e ponto final. Até porque a justiça manda e os mortais obedecem.

(Visitas totais 41)

Compartilhe

Uma resposta

  1. Infelizmente a Transalvador só serve para ficar com esse blá blá blá de que está ao lado do Transporte Legalizado. Pois estão deixando vários Motoristas de Transporte Clandestino passarem pelas Barreiras após Uma hora da manhã. Com ou sem o selo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais