Mais resultados

Generic selectors
Somente correspondências exatas
Pesquisar no título
Pesquisar no conteúdo
Post Type Selectors
post

AGT busca soluções para a crescente insegurança contra os taxistas de Salvador

taxistas da AGT reunidos na SSP-BA
Reunião no Centro de Operações e Inteligência da Secretaria de Segurança Pública ocorreu no último dia 13 - Foto: Divulgação/AGT

Na última semana, o presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT), Denis Paim, foi recebido pelo Secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia, Marcelo Werner, no Centro de Operações e Inteligência (COI). O encontro teve como objetivo discutir pautas relacionadas à segurança dos taxistas em Salvador, diante do crescente número de crimes enfrentados pela categoria.

Durante a reunião, foram apresentadas demandas que visam combater a insegurança e proteger os taxistas. Entre as pautas abordadas, destacam-se o pedido para retomar a abordagem aos taxistas nas blitze, a criação de um grupo de inteligência composto pela Secretaria de Segurança Pública e pelas Polícias Militar e Civil, e a implantação de uma delegacia especializada de combate a crimes contra taxistas.

Denis Paim entregou ao Secretário de Segurança Pública uma lista dos locais considerados mais perigosos para os taxistas, ressaltando o Largo das Sete Portas e o bairro da Liberdade como áreas de maior incidência de crimes.

“Essa reunião foi de extrema importância. Desde 2018, não tínhamos a oportunidade de nos reunir com o Secretário de Segurança Pública, que se mostrou receptivo e admitiu o aumento dos assaltos na cidade. Apesar das dificuldades para a implantação da delegacia especializada, o secretário se comprometeu a colocar em prática as demais pautas apresentadas”, afirmou Denis Paim, presidente da AGT.

Diante dos dados divulgados pela Associação Geral dos Taxistas, fica evidente a preocupação com a crescente onda de crimes contra a categoria. Segundo levantamento realizado pela AGT, os roubos a taxistas saltaram de 519 casos em 2021 para 681 em 2022, representando um aumento de aproximadamente 31%. Até o momento deste ano, já foram registradas 419 ocorrências, englobando assaltos, furtos de veículos e sequestros-relâmpago.

“É fundamental compartilharmos a responsabilidade com as instituições de defesa social. Continuaremos combatendo o crime e atuando de forma integrada com a categoria, mas não podemos aceitar como normal a reincidência de criminosos, com sete prisões em flagrante em apenas dois meses, como já presenciamos”, destacou o Secretário de Segurança Pública, Marcelo Werner.

A preocupação com a segurança dos taxistas é cada vez mais evidente, e a reunião com a Secretaria de Segurança Pública é um passo importante para buscar soluções e promover a proteção da categoria. A expectativa é que as demandas apresentadas sejam atendidas, proporcionando maior tranquilidade aos taxistas e fortalecendo a segurança no transporte da capital baiana.

Com informações de vamosadiante

(Visitas totais 227)

Compartilhe

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se em nossa Lista de Transmissão

Siga nossas Redes Sociais

Siga nossas Redes Sociais