Uma palestra com cara de treinamento

  • Uma palestra com cara de treinamento

    Ficou um gostinho de quero mais... - Foto: Ei, Táxi

    Ficou um gostinho de quero mais… – Foto: Ei, Táxi

     

    Profissionais da mobilidade, taxistas e transportadores escolares, participaram da palestra “Como vender o que não se vê?” ministrada pelo professor e coach Wilson Saraiva, na manhã do último dia 30 de Junho, no Parque Tecnológico da Bahia, na Av. Paralela.

     

    Num clima de descontração e interação o professor apresentou várias estratégias de como aproveitar melhor as potencialidades inexploradas do serviço de transporte e apontou alguns novos caminhos para fazer frente à concorrência.

     

    A palestra se baseou em responder a quatro perguntas principais: O que você vende realmente? Por que não está ganhando o valor que gostaria? Qual é o preço de um cliente? Onde está o dinheiro do serviço de transporte?

     

    De maneira simples, utilizando um carrinho de brinquedo, o palestrante conseguiu deixar claro o porquê de não se estar ganhando o valor que se espera.

     

    IMG-9834

     

    Mais uma vez ficou claro que momentos como esse são extremamente necessários para posicionar-se melhor dentro de uma profissão e ampliar a área de atuação.

     

    “Já dei várias palestras pelo Brasil falando para o serviço de transportes de grandes cidades, mas adorei a receptividade dos baianos. Sempre muito simpáticos e atenciosos. Transformaram a palestra em um momento extremamente agradável e de aprendizado leve e relevante”, pontuou o professor Saraiva.

     

    PHOTO-2018-07-11-12-34-50 (1)

     

    Para Rejane Silva, transportadora escolar da cidade de Lauro de Freitas, foi bastante proveitoso. “As estratégias que o professor nos sugeriu são simples de praticar e funcionais. Ele foi direto, sem rodeios. Atendeu às minhas expectativas. Fiquei com gostinho de quero mais!”, conta. Givanildo Barbosa, taxista de Salvador, achou o evento bem organizado e enriquecedor. “Foi uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional. A gente passa a entender aqueles detalhes que fazem a diferença na venda de serviço. Precisamos ficar atentos às mudanças diárias devido ao avanço tecnológico, por isso a palestra veio a calhar”, explicou Givanildo.

     

    O evento, que foi uma realização do  Jornal Ei, Táxi e do Instituto Verb de Comunicação e Pedagogia Empresarial, teve o apoio cultural da Indiana Veículos, Grande Bahia, Bremen, Columbia Veículos, Teletaxi, Elitte Táxi e da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia.

     

     

     

    Share on Facebook

    Deixe um comentrio

    Required fields are marked *