Satisfeito, Sindicato dos Taxistas de Pernambuco comemora resultados do Carnaval 2019

  • Satisfeito, Sindicato dos Taxistas de Pernambuco comemora resultados do Carnaval 2019

    Trabalho do SINDTAXIPE foi elogiado por taxistas - Fotos: Divulgação

    Trabalho do SINDTAXIPE foi elogiado por taxistas – Fotos: Divulgação

     

    O carnaval foi considerado pela categoria, em números gerais, mais positivo do que a festa do ano passado

     

    Fruto de muito trabalho prévio, a atuação dos taxistas durante o Carnaval na Região Metropolitana do Recife foi marcada pela excelência. Organização, otimização de tempo, limpeza de veículos, educação de motoristas. Foram inúmeros os fatores que resultaram no produto final.

     

    Para o Sindicato dos Taxistas de Pernambuco (SINDTAXIPE), a satisfação após o período momesco é gigante. “A gente trabalhou muito para desenvolver a estrutura para a categoria, mas no final foi gratificante porque todos ficaram satisfeitos. Isso é o que traz a maior alegria para a gente a nível de gestor”, comemorou o presidente do Sindicato, Flávio Fortunato.

     

    3 atuação do sindicato 2

     

    Apesar de os números globais referentes ao trabalho desenvolvido neste ano serem relativos, se for feita uma análise do Carnaval de 2018 comparado ao deste ano, houve um aumento no faturamento dos motoristas de 50% a 60%. Isso foi reflexo do trabalho da diretoria e de toda a equipe do sindicato, junto com os próprios taxistas.

     

    “Não posso nunca deixar de agradecer a ajuda do vereador Aerto Luna e toda sua equipe. Também é necessário fazer imensa referência ao suporte da CTTU, junto com a presidente Taciana Ferreira. Além, claro, do apoio do prefeito do Recife, Geraldo Júlio”, agradeceu Fortunato.

     

    Outro fator que veio a somar foi o convênio entre os municípios. Segundo Fortunato, a proximidade foi importante, pois “a questão de ajudar a categoria de uma forma geral diante de tudo o que a gente está vivendo. A concorrência é desleal, mas ficamos felizes em saber que todo mundo estava unido em função de fazer uma festa bonita”.

     

    3 atuação do sindicato 3 - adesivação

     

    Infelizmente, a máxima de que nem tudo são flores também se aplica aqui. A dificuldade de mobilidade nos dias de Carnaval em Olinda foi um sério problema para a categoria. “Foi colocado interesses financeiros na frente e não pensaram nos taxistas, nem nos foliões. Quem foi ao Carnaval de Olinda teve que ficar sujeito a tarifas dinâmicas, enquanto nossos valores eram coerentes com os taxímetros”, explicou Fortunato.

     

    Entretanto, com esse episódio à parte, é válido lembrar que os carros que rodaram pelas cidades estavam adesivados com identificação visual. A população quando via os carros, ficava mais tranquila e a categoria aderiu em massa. Além disso, a todo momento era fiscalizado o nível de limpeza dos veículos e a vestimenta dos motoristas. Toda uma organização pensada em atender bem o cliente.

     

    3 blimp 2

     

    “A gente fica muito feliz da categoria ter correspondido e ter abraçado a causa. Quem ganhou com tudo isso foi a população e o folião, que veio prestigiar um evento dessa natureza. Anotamos os pontos que precisamos melhorar e assim vamos fazer. Com a mesma humildade e mesmo respeito, vamos fazer outros eventos com esse nível para que os taxistas possam continuar gerando suas receitas”, finalizou Fortunato.

    Share on Facebook

    Deixe um comentrio

    Required fields are marked *