Regulamentação de aplicativos: taxistas de Salvador buscam apoio de vereadores para futura votação de projeto

  • Regulamentação de aplicativos: taxistas de Salvador buscam apoio de vereadores para futura votação de projeto

    A regulamentação de aplicativos de transporte de passageiros, em Salvador, ficou para o retorno dos trabalhos dos vereadores que ocorrerá a partir do dia 1 de agosto. Até lá, alguns taxistas têm procurado apoio entre os parlamentares.

     

    O texto construído pelo executivo encontra-se na Procuradoria do Geral do Município (PGM) que revisa os últimos detalhes para liberação do projeto e posterior envio à Câmara onde será avaliado e votado pelos vereadores.

     

    Segundo informações da assessoria da prefeitura, a demora na elaboração do projeto deu-se, dentre outros motivos, por conta da definição sobre a taxação dos aplicativos, que deverá ficar em 1% de ISS – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza.

     

    Porém, a taxação do serviço não deverá ser o maior entrave para a aprovação na Câmara. O problema crucial é quanto ao limite ou não de veículos de aplicativos. Para os taxistas, o justo é manter a paridade de um pra um, ou seja, 7,2 mil veículos, o que, inclusive, já foi anunciado pelo secretário de mobilidade, Fábio Mota, como definido pelo prefeito ACM Neto. Do outro lado, entre os motoristas de aplicativos, o que se houve é “ou libera o número de carros ou iremos judicializar a questão”.

     

    Denis Paim, presidente da AGT, tem feito visitas aos gabinetes dos vereadores - Foto: AGT

    Denis Paim, presidente da AGT, tem feito visitas aos gabinetes dos vereadores – Foto: AGT

     

    Sabedores do embate que estar por vir, alguns taxistas têm procurado apoio dos edis para uma aprovação nos moldes em que a categoria acredita ser o ideal. A Comissão dos Taxistas tem convocado os profissionais para realizarem um trabalho corpo a corpo junto aos vereadores. O memso está fazendo a Associação Geral dos Taxistas (AGT), visitando gabinetes e escritórios particulares em busca de apoio.

     

     

     

    Share on Facebook

    Deixe um comentrio

    Required fields are marked *